top of page
BG_4.png
logotipo_horizontal_simbolo_laranja_fundo_escuro_sem_fundo250 px.png

5 dicas para estudar Inglês sozinhe

Aprender uma língua é tipo... pular de paraquedas, sabe?

É uma experiência que vai muito além da sua sala de aula, seja ela numa escola, na sua empresa ou com aulas online. Poderia até dizer que o estudo autônomo é aquele ingrediente especial que impulsiona o seu desenvolvimento na comunicação que realmente importa.





Hoje, vamos explorar mais esse tema com dicas práticas e ótimos truques para que você domine o idioma de maneira independente. Se liga nessas estratégias que vão fazer o seu aprendizado seguir o melhor Flow:


1. Metas? Sim, por favor! 🚀

Quando começar nessa aventura do estudo autônomo, é tipo escolher o destino do seu voo. Defina metas reais e tangíveis! O que você quer conquistar? Quanto tempo quer se dedicar para isso? Do que você gosta para incluir nessa rotina? Como você vai se testar e se desafiar nesse processo? Motivação é a chave, e você pode traçar um plano super funcional seguindo nossas dicas de como criar uma meta SMARTER para seus estudos e sua vida.


2. Rotina é o X da Questão ⏰

Nada é tão eficaz quanto uma rotina consistente. Você não precisa de longas horas de dedicação nem livros e livros de exercícios, mas se fizer pequenas ações consistentes que fortaleçam seu conhecimento, conforto e confiança na comunicação, pode ter certeza de que os resultados serão breves e muito relevantes.


Essa disciplina é um divisor de águas para a sua comunicação, e algumas plataformas digitais podem te ajudar a mantê-la e acompanhar seu progresso, como o Asana, Trello, Notion, e até mesmo o Google Calendar. Um dos aplicativos mais famosos para aprender idiomas no mundo é o Duolingo, e segundo um de seus fundadores, os insistentes lembretes da corujinha e a contagem de dias seguidos de estudos são os grandes responsáveis pela consistência dos usuários e pelos resultados obtidos pelo app. Você pode criar seu próprio sistema de consistência e transformar sua relação com o Inglês.


3. Use e abuse da Internet e das IAs 🌐

No mundo online, você pode aprender essencialmente tudo que quiser de várias maneiras diferentes! Explore sites, apps, vídeos, podcasts, IAs, Redes sociais... As opções são tantas que a parte mais difícil é fazer uma curadoria funcional dos conteúdos e das abordagens que funcionam bem pra você. Algumas plataformas online oferecem aulas estruturadas, outras têm jogos interativos, outras são uma compilação de conteúdos... Explore o LyricsTraining e o Wordle, para começar.


Pense que a Internet é o seu universo de aprendizado, e você, o astronauta pronto para desvendar novos caminhos e habilidades.


4. Coloque seu Inglês para fora 🗣️

Nada como bater um papo com nativos, né? Mas isso ainda trava muitos alunos de Inglês que não se sentem prontos para esse papo. Procure grupos de conversação ou aplicativos que te conecte com nativos e outras pessoas que querem melhorar e treinar o Inglês e quebre essa barreira. A interação com os nativos e outras pessoas vai te deixar mais confiante na pronúncia, te apresentar um universo de cultura e vivências em outros países e rotinas.


Nossas principais recomendações para essa rotina são as plataformas Tandem e MeetUp, mas existem várias outras opções para explorar.


5. Mantenha um Diário Linguístico 📔

Anotar as coisas que você descobriu e àquelas que te deixaram com dúvidas, novas expressões e palavras, e até mesmo situações interessantes que aconteceram durante suas práticas em um diário (que, claro, pode ser de papel ou digital). Isso não só te ajuda a consolidar o aprendizado, mas também é uma ferramenta para rastrear seu progresso e ter fácil acesso a muito do que você aprende e estuda. Você pode organizar por data, por tipo de conteúdo que vai escrever, do jeito que você quiser. E sempre terá um lugar para revisar e organizar as ideias no decorrer da sua jornada.



 


Estudar por conta própria é sempre importante, independente de cursos ou aulas que você também tenha em sua rotina. Defina suas metas, crie sua rotina de estudos, explore o universo online, busque ativamente usar seu Inglês, inclusive com os nativos ou estrangeiros, e lembre-se de manter o pique e a consistência!


A comunicação no Inglês começa no dia 1 de estudos, e você não precisa ser "fluente" para se sentir pronte para falar e usar o idioma como e quando quiser.

Cada passo conta nessa jornada, e o primeiro pode ter sido dado agora, na leitura desse texto! Segue o Flow! 🚀✨

12 visualizações

Comments


bottom of page