logo_png copy.png

LIVE YOUR FLOW

SEJA O PROTAGONISTA: 3 técnicas para impressionar os recrutadores

A última entrevista de emprego que eu participei foi em Abril de 2017.

Já faz um tempinho.


Não estava de fato buscando um novo emprego, mas nunca nego uma oportunidade de mostrar meu currículo pra alguém e conhecer novas possibilidades. Por isso aceitei, e aceitarei as próximas também.


Mas isso não tem nada a ver com o início da minha vida profissional. Eu ficava nervoso demais, me enrolava com as palavras, mostrava nervosismo de todas as maneiras que eu nem conhecia, e sempre... sempre saía da entrevista achando que poderia ter sido MUITO melhor.


Um dia me chamaram pra trabalhar numa empresa que eu admiro muito até hoje. Eu tinha sido aprovado na entrevista! Mas... como nada é perfeito, eu estava em uma viagem e acabei perdendo a vaga. E foi isso que me fez querer estudar e entender melhor tudo que eu tinha feito de melhor para eles me escolherem, e tudo que eu ainda poderia melhorar para nunca mais achar que não dei meu melhor. E uso disso até hoje para tudo na vida... mesmo não participando tanto de entrevistas hoje em dia.



A primeira coisa muito importante é:


FAÇA SEU DEVER DE CASA E SE ANTECIPE


Claro que hoje em dia algumas empresas contratam outras para fazerem seus processos seletivos, e a coisa fica meio escondida, mas... PESQUISE!


Pesquise sobre a empresa que está oferecendo a vaga, entenda melhor como ela trabalha, procure conexões com pessoas dentro da empresa, leia sobre ela, descubra tudo que puder. É um trabalho de detetive mesmo. Isso vai te dar muita informação sobre o que eles esperam das pessoas lá dentro, e você pode se preparar muito melhor para responder às expectativas dos recrutadores. Além de ver se é uma empresa que combina com seu estilo e objetivos atuais.


Não dá pra trabalhar num lugar que não atenda as suas necessidades também. Emprego é uma relação de mutualidade, e por isso você pode - e super recomendo que o faça - perguntar e tirar suas dúvidas na hora da entrevista também.


E só mais uma coisa... quanto melhor você entende do assunto, mais confortável você se sente. Então quanto mais você descobrir sobre a empresa, a vaga oferecida, as pessoas lá dentro, mais à vontade você se sentirá, e melhor será seu desempenho na entrevista.


USE TÉCNICAS DE CONFIANÇA E PERSUASÃO


Não existe mágica. Mas existe ciência. E muita coisa já foi descoberta que pode te ajudar na hora da entrevista. Maneiras éticas e sem custo algum que podem transformar a maneira com que todos te vêm... Inclusive você.


Uma técnica surpreendente é a chamada Power Posing, ou Poses de Poder, estudada a fundo por Amy Cudy e comprovadamente uma maneira de aumentar suas doses de oxitocina e contribuir para que você sinta-se confortável, e passe segurança e confiança na sua postura e fala. Resumindo, ela sugere que você, logo antes de uma situação de stress - seja a entrevista de emprego, uma apresentação, ou qualquer outra coisa - passe ao menos dois minutos em uma pose que remeta a poder. Tipo Mulher Maravilha e Super Homen, sabe!?



SUPER RECOMENDO ASSISTIR O VÍDEO COMPLETO.

Outra técnica bem legal é utilizar dos gatilhos de persuasão, que podem te aproximar dos recrutadores e deixá-los mais inclinados a escolher você em vez dos outros candidatos.

Mas tome cuidado na medida em que usa deles... Todos são incríveis e muito eficazes, porém precisam ser utilizados em momentos oportunos, e de maneira genuína. Dois que você pode explorar muito bem na hora da entrevista são:


GATILHO DA AFEIÇÃO



Busque conexões com as pessoas, descubra gostos e hábitos em comum, e use disso em seu favor.


Estudos sobre persuasão confirmam que pessoas tendem a dizer "SIM" para aqueles que eles gostam e conhecem. Criar esses vínculos pode contribuir grandemente para o seu SIM.

Seja pelo sotaque, pela cidade ou bairro que nasceu, gostos, hobbies, tatuagens... Você pode sempre usar isso em seu favor.


GATILHO DA PROVA SOCIAL


Quando existe dúvida, as pessoas tendem a observar o comportamento e opinião de outros. Ser recrutador não é dos trabalhos mais fáceis. Por vezes, você encontra ótimos candidatos para a mesma vaga, mas tem espaço somente para um.


Mostrar referências externas pode ser o fator de desempate para sua contratação. Seja as boas e velhas cartas de recomendação, comentários de colegas de profissão, amigos ou familiares, ou até mesmo materiais em suas redes sociais, usar desse gatilho é bastante importante.


Por isso, já manda uma mensagem pros seus contatos do LinkedIn e peça que eles escrevam uma RECOMENDAÇÃO para você. Ou, se conhecer alguém da empresa que quer entrar, peça que eles indiquem seu CV para a entrevista!


E, para ter certeza de que você está pronto para sua próxima entrevista, não esquça...


ATUALIZE SEU CURRÍCULO E REVISE SUAS HABILIDADES


Estar com o CV em dia faz muita diferença... Confira as datas, atualize a foto, coloque os novos cursos e outras experiências recentes, e pense no design e pontos de interesse para a vaga que quer.


Outra coisa muito importante é enxugar o currículo. Tire os excessos e tente sintetizar o que é mais importante para não desanimar o recrutador. Lembre-se que existem mais candidatos, e ler todos os CVs leva tempo. Veja suas habilidades e experiências, e priorize manter aquelas que são relevantes ao cargo.


Mas... não é só no papel que isso tem que acontecer. Se você fez um curso de Inglês, por exemplo, e não usa faz tempo... lembre-se de dar uma praticada antes da entrevista para mostrar o que está escrito. E a mesma coisa com outras habilidades que tenha a oferecer.




Mande-nos suas sugestões para os próximos artigos, e os comentários sobre o conteúdo.

Semana que vem vamos explorar o Inglês na entrevista de emprego.


NÃO PERCA!

0 visualização